Já vos disse que cada família que nasce na D’Barriga é uma inspiração?

 

Já vos disse que a cada partilha vossa eu renovo energias para continuar a querer fazer cada vez mais e melhor?

 

Já vos disse que cada vez que revisito os valores e a missão da D’Barriga fico com a sensação de dever cumprido?

 

Tenho a certeza que em algum momento, todos os que por aqui foram passando ouviram pelo menos uma destas frases.

 

A cada visita, seja para um abracinho, um café ou para virem a algum workshop ou consulta na D’Barriga, consigo sentir a reciprocidade do carinho, a confiança nas nossas respostas às vossas necessidades.

 

. Nascemos como O D’Barriga – Centro pré e pós parto, com uma forte vertente de educação para a parentalidade – assim constava nos autos da nossa missão…

 

. Sentimos necessidade de disponibilizar alguns produtos, fundamentalmente técnicos, dada a dificuldade de encontrá-los no circuito comercial “tradicional”. Alguns não sabem, mas com essa busca do “especial, funcional e educacional “ acabou por nascer também a vertente importação e distribuição - sendo que hoje procuramos fazer chegar os produtos em que acreditamos a outras lojas, espaços idênticos ao nosso e até farmácias um pouco por todo o país.

 

. Percebemos então que “O D’Barriga – Centro Pré e Pós Parto” se tratava já de uma designação que não nos cabia, onde já não cabíamos……

Depois de alguma maturação, apareceu o “D’Barriga Consigo!” – esta palavra que tudo diz, com a sua dupla significância, com que me identificava desde a fundação do D’Barriga, veio finalmente para a ribalta!

 

Gosto!

 

Identifico e sinto o meu projecto em “D’Barriga Consigo!”.

 

.Mais recentemente, a discussão recai sobre “o“ ou “a“ D’Barriga, pois “o“ D’Barriga eu não sei o que é, e sem explicação não chego lá – opinaram alguns; “a” D’Barriga, a loja, a loja on-line, assim deve ser a designação – afirmaram com convicção.

 

. Tenho dito cada vez mais frequentemente que o D’Barriga é uma casa, um colo, um porto de abrigo, uma âncora……. e nesse sentido, serve-nos o O e o A, servem-nos todos quantos em nós confiam, todos quantos a nós recorrem……… TODOS!

 

Hoje deu-me para isto: introspecção, reflexão e partilha – quero partilhar convosco, com os que são D’Barriga… comigo!, pois gostava da vossa opinião. Com pena minha D’Barriga tem que ter género, ora bolas!, a eterna questão do género……o que acham?