virginia_apgar_png

 

O Índice de Apgar, foi desenvolvido pela Dra. Virginia Apgar, uma médica notável e que reconheceu a necessidade de existir uma maneira fácil e eficaz de avaliar o recém-nascido.

 

A sigla APGAR significa: Appearance, Pulse, Grimace, Activity, Respiration.

Este índice representa a sua avaliação clínica inicial, onde se avalia a cor do bebé, a sua respiração, o ritmo cardíaco, o tónus muscular e a sua actividade.

Esta avaliação é feita em dois momentos diferentes: no primeiro e no quinto minutos após o parto.

Esta é uma avaliação da capacidade que o recém-nascido demonstra para responder ao trabalho de parto, ao parto em si, e ao novo meio ambiente, não sendo uma previsão do futuro bem-estar do bebé, mas antes uma reflexão sobre o tipo de parto que ocorreu.

São atribuídos dois pontos a cada um dos cinco itens de avaliação do bebé, se eles forem óptimos, um ponto se eles forem bons e zero pontos se estiverem ausentes, num total máximo de 10 pontos.

 

 

 

 

Frequência Cardíaca - Ausente (0 pontos)
                                       - Menos de 100 batimentos/minuto (1 ponto)
                                       - Mais de 100 batimentos/minuto (2 pontos)

Respiração - Ausente (0 pontos)
                      - Fraca/irregular (1 ponto)
                      - Forte /Choro (2 pontos)

Tónus Muscular - Flácido (0 pontos)
                              - Flexão de pernas e braços (1 ponto)
                              - Movimento activo / boa flexão (2 pontos)

Cor - Cianótico / Pálido (0 pontos)
        - Cianose das extremidades (1 ponto)
        - Rosado (2 pontos)

Actividade - Ausente (0 pontos)
                    - Algum movimento (1 ponto)
                    - Espirros / Choro (2 pontos)       

Mais tranquilos?